Portal Oficial do Governo da República de Angola
Governo

João Lourenço recebido pelo Papa Francisco

Um momento histórico, assim se pode descrever o encontro entre o líder da Igreja Católica e o Chefe de Estado angolano, esta terça-feira, 12, no Vaticano.


Debaixo de um céu cinzento, prenúncio de mais um dia de chuva, muito frequente nesta época, em Roma, o Papa Francisco recebeu o Presidente João Lourenço pouco depois das 10h30, tendo o encontro demorado cerca de 30 minutos.



A audiência foi marcada por três momentos distintos: a conversa em privado, a saudação à Primeira-Dama e membros da delegação e a troca de presentes.



O Presidente João Lourenço ofereceu uma tela “Mãe Alegre”, uma obra do artista angolano Guizef, nome artístico de Augusto Zeferino Guilherme. Na sequência, o Papa presenteou o Chefe de Estado angolano com um livro sobre São Martinho, bispo de Tours (França), que morreu no ano 397 d.C. Durante o encontro foi expressa a satisfação pelas boas relações existentes entre a Santa Sé e Angola, bem como o apreço pela contribuição da Igreja Católica ao país, particularmente no domínio social.



Em comunicado, a Sala de Imprensa da Santa Sé informou que foram examinados alguns aspectos do Acordo Bilateral assinado a 13 de Setembro, pelo ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, e pelo secretário das Relações Exteriores com os Estados, D. Ricchard Gallagher.



O documento reconhece a personalidade jurídica pública da Igreja e das suas instituições, bem como o livre exercício da missão apostólica e a sua contribuição específica nas diferentes áreas sociais.



Após a audiência com o Bispo de Roma, o subsecretário para as Relações com os Estados, D. Miroslaw Wachowski, teve um encontro com o ministro das Relações Exteriores.



JA