Portal Oficial do Governo da República de Angola
Governo

Parlamentares querem trabalho conjunto para livre circulação

O presidente da Assembleia Parlamentar da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (AP-CPLP), Jorge Pedro Maurício dos Santos, apelou, esta quarta-feira, 10, em Luanda, a um trabalho conjunto entre os Estados-membros para acelerar a livre ... Ver mais


Jorge Pedro Maurício dos Santos assegurou que a questão vai ser discutida em Luanda, no próximo ano, durante a cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da CPLP. O parlamentar, que defendeu a promoção dos jovens na vida política, pediu maior envolvimento destes nos trabalhos da AP-CPLP. 



O também líder do Parlamento de Cabo Verde defendeu, igualmente, a aprovação de políticas destinadas aos jovens. 



O presidente da AP-CPLP reconheceu o engajamento da Assembleia Nacional de Angola no desenvolvimento e consolidação da CPLP e recomendou o reforço das instituições responsáveis pelos processos eleitorais e a intensificação dos processos eleitorais nos Estados membros. 



O presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, reafirmou o compromisso e o empenho do Parlamento na consolidação e desenvolvimento da CPLP. 



Fernando da Piedade Dias dos Santos, que também interveio na cerimónia solene de encerramento da Assembleia Parlamentar da CPLP, afirmou que Angola assume, com responsabilidade, acolher numa das salas do Palácio da Assembleia Nacional, a sede do secretariado Permanente da CPLP e reafirmou que este passo é fundamental para a afirmação da organização.



O presidente da Assembleia Nacional disse que Angola realizará, no próximo ano, as eleições autárquicas e que decorrem debates, nas comissões de especialidade, para se obter o máximo de consensos possíveis nas propostas, durante o processo de aprovação.



O líder do Parlamento angolano afirmou que existe um compromisso dos partidos políticos para a aprovação das propostas. O Parlamento, adiantou, vai continuar a trabalhar para fortalecer a comunidade. 



Os presidentes dos parlamentos dos Estados-membros da CPLP manifestaram a vontade de continuar a trabalhar para a consolidação organizacional da Assembleia e o reforço da colaboração com os demais órgãos da Comunidade.



Os parlamentares aprovaram, por unanimidade, a proposta de Alteração dos Estatutos da AP-CPLP, para a introdução do secretário permanente. O orçamento de funcionamento do secretariado da AP-CPLP entra em vigor no dia 1 de Janeiro de 2020.



Os deputados da AP-CPLP foram informados sobre os processos eleitorais nos Estados-membros da CPLP que vão decorrer em 2019 e em 2020, com destaque para as autárquicas em Angola, legislativas e presidenciais na Guiné Bissau, gerais em Moçambique e para o Parlamento Europeu e legislativas em Portugal.



Jornal de Angola