Portal Oficial do Governo da República de Angola
Governo

Chefe de Estado visita instalações do ISTAM e Centralidade de Malanje

O Chefe de Estado, João Lourenço, inteirou-se esta quarta-feira, 22, do estado das obras do Instituto de Tecnologia Agro-Alimentar de Malanje (ISTAM) e da centralidade local, localizada no bairro Carreira de Tiro 2.


Em declarações à imprensa, o director-geral do ISTAM, Guilherme Pereira, revelou que, apesar de concluídas as obras, desde 2017, o instituto carece de apetrechamento nas áreas académicas e de equipamento para os laboratórios.



Guilherme Pereira, que não adiantou valores, explicou que o Governo angolano disponibilizou verbas para a aquisição, em França, do equipamento para a instituição, que deve chegar ao país em Junho próximo.



O empreendimento dispõe de 10 salas de aula, nove laboratórios (sete de investigação e dois de transformação de alimentos), uma biblioteca e 19 gabinetes, que vão garantir a formação tecnológica de cidadãos nacionais, com destaque para os da província de Malanje.



Para além do ISTAM, o Presidente da República visitou as obras da Centralidade de Malanje, cuja execução física ronda os 13 por cento, prevendo-se a construção de 14 edifícios, com 212 apartamentos e empreendimentos sociais, como hospital, creche, escola, posto policial, lojas, entre outros, numa área de sete hectares.



O secretário de Estado para o Ordenamento do Território, Manuel Pimentel, informou que a Centralidade de Malanje, orçada em 35 milhões de dólares, vai beneficiar, numa primeira fase, 212 famílias.



Disse que o Governo está a mobilizar empresários, de modo a financiarem o projecto de construção das centralidades a nível do país, para fazer face aos constrangimentos financeiros e evitar a paralisação das obras.



João Lourenço concluiu, na manhã desta quarta-feira, 22, uma visita de trabalho de dois dias à província de Malanje, onde orientou a reunião do Conselho de Governação Local.



Angop