Portal Oficial do Governo da República de Angola
Política

Angola participa na Assembleia do Ambiente da ONU

A ministra do Ambiente, Paula Francisco, participa desde segunda-feira, 4, em Nairobi, Quénia, na Assembleia do Ambiente da Organização das Nações Unidas (ONU).

A ministra do Ambiente, Paula Francisco, participa desde segunda-feira, 4, em Nairobi, Quénia, na Assembleia do Ambiente da Organização das Nações Unidas que, entre outros temas, vai discutir a questão da poluição no planeta Terra.

A Assembleia do Ambiente da Organização das Nações Unidas que encerra nesta quarta-feira, 6, é um dos fóruns ambientais de alto nível que reúne Chefes de Estado, ministros do Ambiente, administradores de empresas multinacionais, astronautas, cientistas da NASA, organizações não-governamentais e activistas ambientais, entre outros convidados.

O evento, que congrega mais de 2.500 participantes, vai discutir e assumir compromissos globais para a protecção ambiental, que visam garantir uma melhor qualidade de vida aos habitantes da Terra.

A ministra participa nas discussões em torno dos desafios ambientais considerados críticos, que o mundo enfrenta, no quadro da Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável.

À margem do fórum, a ministra do Ambiente vai manter encontros com a Rede de Mulheres e Líderes do Ambiente e com o ministro da Protecção Ambiental de Israel.

“O papel da economia circular na transição”, “O planeta livre de poluição”, “Acelerando o gerenciamento de som de produtos químicos e resíduos”, “O desbloqueamento do comércio de tecnologias ambientalmente saudáveis para combater a poluição do ar”, bem como “A acção rápida sobre a poluição do ar” e “O combate do lixo marinho e micro plásticos” são alguns dos temas em discussão.

Os participantes vão produzir uma declaração sobre poluição, ligada aos objectivos de desenvolvimento sustentável, para sinalizar que a humanidade pode trabalhar e eliminar a ameaça de poluição e a destruição do planeta. A Assembleia é composta pelos 193 Estados-membros da ONU.

Jornal de Angola