Portal Oficial do Governo da República de Angola
soc

Delegação multi-sectorial trabalha na Lunda Norte

Uma delegação multi-sectorial, chefiada pelo ministro Gonçalves Muandumba constata nesta quinta-feira, 7, as condições de acolhimento do novo centro para os refugiados da RDC, na Lunda Norte.

Uma delegação multi-sectorial, chefiada pelo ministro da Assistência e Reinserção Social, Gonçalves Muandumba, vai constatar nesta quinta-feira, 7, as condições de acolhimento e alojamento do novo centro para os refugiados da República Democrática do Congo (RDC), erguido no município do Lôvua, província da Lunda Norte.

Segundo apurou à imprensa no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o referido centro que já começou a receber necessitados congoleses, dista 20 quilómetros da sede do Lóvua e a mais de 90 quilómetros da cidade do Dundo (capital provincial), ocupando uma área de 24 quilómetros quadrados (240 hectares).

De acordo com dados do MINARS, cerca de 32 mil refugiados serão alojados no centro por garantir melhores condições de acesso, saneamento e salubridade e proporcionar maior comodidade, em relação aos actuais centros de acolhimento, na cidade do Dundo.

Acompanham o titular do Ministério da Assistência e Reinserção Social, os secretários de Estado da Saúde, Águas, Construção e Recursos Florestais, respectivamente Eleutério Hivilikwa, Luís Filipe da Silva, António Teixeira Flôr e André de Jesus Moda.

Angop