Portal Oficial do Governo da República de Angola
África

Presidente eleito do FIDA agradece apoio de Angola

O presidente eleito do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), Gilbert Fossoun Houngbo, agradeceu o apoio de Angola, durante o processo eleitoral ocorrido no dia 14 deste mês em Roma.

O novo presidente do FIDA manifestou o seu agradecimento ao representante permanente de Angola junto desta agência, embaixador Florêncio de Almeida, durante uma visita de cortesia à representação diplomática angolana, na última sexta-feira, 17.

Angola reafirmou o interesse de continuar a colaborar com o novo presidente e beneficiar da cooperação do FIDA em termos de financiamentos e assistência técnica.

Gilbert Houngbo, antigo Primeiro-Ministro togolês, foi eleito na 40ª sessão do Conselho de Governadores do FIDA, tendo concorrido com outros 7 candidatos, para suceder ao nigeriano Kanayo F. Nwanze, cujo segundo mandato termina a 31 de Março de 2017.

Apoiado pela União Africana, o novo presidente assume as suas funções a partir do dia 1 de Abril.

O FIDA financia vários projectos em Angola, particularmente nos domínios da agricultura, da pesca artesanal e da aquacultura. Em colaboração com o Banco Mundial, está em fase final de preparação um novo projecto num montante de 27 milhões de dólares no domínio da agricultura.

Angola cumpre actualmente o terceiro mandato como membro do Conselho de Administração do FIDA.

Recorde-se que, no quadro das agências das Nações Unidas sediadas em Roma, o embaixador Florêncio de Almeida assumiu recentemente a vice-presidência dos representantes permanentes do Grupo Africano, acreditados junto da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). Em 2018, o país ocupará a presidência do Grupo, sucedendo a República dos Camarões.

Criada em 1977, o FIDA é uma instituição financeira das Nações Unidas que investe, através de governos, nas populações rurais para reduzir a pobreza e melhorar a segurança alimentar e nutricional.

Angop